Categories: Evangelho, Lucas Tags: , Leave a comment

A autoridade de Jesus sobre nossas fraquezas (Lc 4, 31-37)

Se você tivesse o poder de mudar alguma coisa na sua vida, o que mudaria?

Um jovem de boa formação procurava por um emprego de professor. Estava empolgado com a expansão do mercado de trabalho e aceitou o desafio de trilhar uma carreira promissora. Sua confiança vinha do histórico profissional construído ao longo dos últimos anos. Boa formação acadêmica, diploma de uma renomada faculdade no país, destaque da turma com direito até a um período de intercâmbio internacional. Realmente uma carreira brilhante! Não seria difícil encontrar uma empresa que quisesse contratar aquele rapaz.

Os currículos mal foram distribuídos e seu telefone tocou para marcar uma entrevista em uma universidade da região. O jovem ficou animado com a possibilidade que surgia e partiu para a reunião. A primeira rodada foi com a equipe do RH, que validou as credenciais do jovem e concluiu que era uma joia rara no mercado de trabalho. Próxima fase, o coordenador do curso! Vieram perguntas técnicas e até uma prova prática de apresentação. O rapaz tirou tudo de letra!

Veio então a última fase, a entrevista com o diretor da universidade. Aquele senhor era querido entre os alunos. Não tinha grandes títulos acadêmicos, mas por trás daquela cabeça branca havia a experiência de uma vida como professor. O jovem estava confiante, afinal, estava com o conhecimento em dia, havia aprendido as técnicas mais recentes de apresentação e seria capaz de responder de bate-pronto sobre os temas mais complexos da disciplina. O senhor chegou, sentou na frente do jovem e olhando em seus olhos disse: “meu jovem, se você chegou até aqui, é porque tem um inestimado valor por seu esforço e dedicação. Sua vontade de crescer certamente lhe moverá muito longe. Quero apenas lhe pedir que antes de começar a dar aula nessa universidade, me responda uma pergunta: quais são as suas ?”

O jovem estava preparado para qualquer pergunta, mas não aquela! Aprendeu a falar constantemente de suas habilidades e conhecimentos, mas não de suas fraquezas.  Não vinha à cabeça nenhuma característica que ele reconhecesse em si mesmo ou que pelo menos pudesse comentar.

O experiente professor o acalmou dizendo: “fique tranquilo, não se preocupe, quero apenas que você reflita sobre essa pergunta. Em nossa universidade, valorizamos o conhecimento, mas a vontade para buscá-lo é tão importante quanto tê-lo, e sem a consciência da falta do conhecimento, você nunca irá buscá-lo.”

E você? Tem consciência de suas fraquezas? Procura encontrar soluções para elas?

No Evangelho de hoje, Jesus mostra claramente que é o caminho de intercessão ao Pai sobre todas as nossas limitações. Ele ensina nossos corações e possui sobre todas as coisas.

Peçamos a Ele que nos ensine a reconhecer nossas limitações e roguemos sua autoridade para remover de nós todos os sentimentos que nos impedem de amar o próximo.

Carlos Amorim Junior

A Comunidade é feita por todos, partilhe você também!

Partilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Carlos Amorim Junior

Católico por amor, Cristão em tempo integral, apaixonado pela família, Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão, postulante a acólito, formador de grupos de Batismo e Crisma ou simplesmente alguém apaixonado por Jesus que tenta à sua maneira, Evangelizar através da tecnologia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.